quarta-feira, 9 de março de 2016

Resenha Desconfiei de quem não deveria

Ola pessoas lindas do blog Jornal Literatura e Cia, hoje trago a resenha desse belíssimo livro ‘’ Desconfiei de quem não deveria do autor Randerson Figueiredo vamos lá.






Título: Desconfiei de quem não deveria
Autor: Randerson Figueiredo Teixeira
Páginas: 150
Ano: 2013
Edição lida: 1ª Edição
Editora: Premius










Sinopse

"Livro empolgante e fascinante, conta a história de Arsênia Bittencourt, uma jovem garota que se depara com o Transtorno Bipolar e decide enfrentar a doença com muita determinação juntamente com sua amiga Fábrica e sua família."

Resenha

''Que esta resenha possa despertar em vocês a compaixão pelo próximo,o amor pelo outro e pelos sentimentos alheios.''

O livro Desconfiei de quem não deveria, conta a historia de Arsênia, uma jovem de vinte e um anos aparentemente forte, independente e bastante dedicada aos estudos, que de repente, ao acaso ela se vê num momento nada bom em sua vida.·.
Em um belo dia na escola ela é convocada para fazer um trabalho em equipe, ela ficou maravilhada por ter ficado numa grupo com mais quatro componentes que se destacavam na turma, nesse trabalho consiste em falar sobre doenças ocupacionais.

No dia da reunião, todos estavam empolgados com o desenrolar do trabalho, pois é um trabalho muito importante para todos, um grande seminário. Mas nessa reunião a melhor amiga de Arsênia notou algo de estranho, e chamou ela para um canto um pouco afastados de todos e fez a seguinte indagação...


’- Estou notando que você esta diferente, está com algum problema?’’

Só que Arsênia não enxergava nenhuma alteração, e ela retruca, como diferente?E sua melhor amiga Fábricia duas coisas.


‘’Percebi que você esta mais obcecada que o habitual pelos os estudos.
E que ela estava mais distante como se não tivesse de corpo presente e mente ausente, enfim como se ela não estivesse ali. ’’



Fábrica vinha notando muita coisa na sua amiga, mas não sabia o que realmente estava acontecendo com sua melhor amiga, no dia da apresentação que ela tinha que fazer na escola ela surta então ela resolve conversar com a mãe de Arsênia, mais mal sabia ela que sua amiga sofria com um transtorno mental o tal chamado ‘’Transtorno Bipolar de Humor, para quem não sabe vou explicar o que é...


Explicação:

O Transtorno Bipolar do Humor, antigamente denominado de psicose maníaco-depressiva, é caracterizado por oscilações ou mudanças cíclicas de humor. Estas mudanças vão desde oscilações normais, como nos estados de alegria e tristeza, até mudanças patológicas acentuadas e diferentes do normal, como episódios de MANIA, HIPOMANIA, DEPRESSÃO e MISTOS. É uma doença de grande impacto na vida do paciente, de sua família e sociedade, causando prejuízos frequentemente irreparáveis em vários setores da vida do indivíduo, como nas finanças, saúde, reputação, além do sofrimento psicológico. É relativamente comum, acometendo aproximadamente 8 a cada 100 indivíduos, manifestando-se igualmente em mulheres e homens.

Vou destacar de inicio o tipo de escrita usado pelo o autor Randerson na sua obra, que maravilhosamente espetacular a narrativa é em 3ª pessoa, em nenhum momento, deixou de ser fluida. O autor foi bem objetivo durante a historia, sem enrolações vistas em alguns livros que ás vezes, deixam a leitura muito cansativa, isso foi um ponto positivo para livro.É possível ler o livro em apenas algumas horas, mas como eu tava gostando demais da historia demorei para terminar rsrsr.

Bom o livro não fala só sobre a doença também fala, do lado espiritual de Arsênia e como ela se apega mais a Deus e acredita que unindo sua fé com a medicina poderá se recuperar. A historia narrada no livro é uma lição de vida.Arsênia lança um livro contando sua trajetória e como ela se restabeleceu, mostrando as dificuldades com a doença e como soube lidar.

A historia se faz surpreendente em diversos pontos, os elementos colocados na ficção pelo o autor e apresentados aos leitores, pois esta na dosagem certa. Vale ressaltar que, não há buracos no decorrer da historia e nada esta em contradição, pois é baseados em fatos reais,no livro contém assuntos que hoje em dia nós leitores não veem muito falar.Há um inicio,meio e fim muito bem definido e colocado amei.

Vou falar da qualidade do material em que a obra foi produzida. A capa é chamativa assim como o titulo escolhido para essa obra as folhas são brancas ressalto amo livros com folhas amarelas, mas nesse caso as folhas brancas não incomodou devido também ao tamanho da fonte que também foi bem agradáveis.Quanto a diagramação para essa bela obra o autor acerto em cheio, pois amei.

Os fatos reais exposto pelo autor, nos ajuda, muito para que possamos ao invés de criticas as pessoas que tem essa doença e não sabem, para que possamos identifica- La e assim ajuda-las e ter paciência com aquele que sofre disso. Obrigada mais vez ao autor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário