segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Entrevista com Karen Perez

Olá tudo bem com vocês?O blog Jornal Literatura e Cia esta trazendo nesse momento uma entrevista concedida pela autora Karen Peres,vamos á conhecer um pouco sobre essa linda autora.


1 - Quais eram seus passatempos que te levaram a querer a contar histórias?

R = Acho que a leitura foi um passatempo que acabou por me levar a contar histórias, sempre tive uma imaginação fértil e queria dividi-la com as pessoas, e percebi que escrever um livro seria a melhor forma de transportar as pessoas para o meu mundo, dar a elas um pouco da minha imaginação.

2 - De onde vem os seus personagens? São inspirado em pessoas reais ou em fatos?

R= Grande parte de meus personagens vem de minha imaginação, entretanto eu dedico alguns a pessoas reais, para dar um toque de realidade a narrativa.

3 -  No início, que tipo de escritor/livro te influenciou? E agora?

R = No início creio que José de Alencar e Joaquim Manoel de Macedo com seus Romances únicos e sublimes, atualmente Carina Rissi, pois o estilo de escrita dela é único e fluido, além dela com toda certeza Bella Andre, que consegue escrever vários romances dando sempre um toque especial e único em cada um.

4 - Quais de sua obras, personagens é seu favorito?Porque?O que ele significa para você?

R = Minha obra favorita De Repente Casada, e com toda certeza o Noah é o meu personagem favorito até porque ele é único, romântico, prestativo, carinhoso, em poucas palavras perfeito.

5 – Você tem autores favoritos quais são?

R = Tenho sim e vários por sinal, começando com os mais antigos e nacionais José de Alencar e Joaquim Manoel de Macedo, atuais e nacionais Carina Rissi com toda certeza, além dela Elizabeth Bezerra. Estrangeiros com toda certeza na minha lista estão Megan cabot, Bella Andre, e Jamie McGuire.

6 - Quais são seus planos?Próximo projeto?

R = Eu tenho pelo menos três projetos literários para este ano, as sequências da série Caídas de Amor, continuar minha trilogia sobrenatural A destruidora e um livro especial, que por enquanto é apenas uma ideia que eu pretendo passar para o papel.

7 – Conte um fato sobre você?

R = Um fato sobre mim, eu adoro colocar um toque divertido em minhas histórias fazendo analogias com filmes, ou músicas.

8 - O mais difícil primeira ou a ultima frase?

R = Com toda certeza a última, detesto dizer adeus para meus personagens.

9 - Música de fundo é indispensável?

R = Para algumas cenas, com toda certeza, às vezes a música de fundo da um toque a mais, eu gosto de coloca-las e geralmente coloco trechos de músicas em meus livros.

10 - Qual foi a sensação de lançar o primeiro livro?

R = Foi indescritível e único, a realização de um sonho, eu desejava fazer isso desde os meus 10 anos, e este ano com o apoio dos meus pais, amigos e da incrível editora na qual estou a Percuso, consegui realiza-lo.

11 - Dizem que os personagens têm muito do autor. Qual dos personagens de tem mais de você? Por que?

R = Acho que dos meus personagens que tem mais de mim, são com toda certeza Klover do De Repente Casada, porque ela tem um temperamento parecido com o meu, e Emelly do De Repente Apaixonada, pois ela é uma sonhadora e romântica eterna quase  na mesma intensidade que eu.

12 – Caso você não goste da opinião sobre seu livro você o impediria o leitor de postar?

R = Não eu acho que cada um tem que dizer se gostou ou não de algo, mas lógico sabendo usar as palavras certas, sem xingamentos ou coisas do gênero, mas acho válido cada qual dizer o que achou sobre a obra.

13 - Quando seu texto passa por revisão, você acata todas as recomendações de mudança deles, ou só muda o que realmente acha necessário?

R = Bem, meu primeiro texto passou por revisão e não houve qualquer mudança na obra, a Editora deixou exatamente igual, contudo teve alguns polimentos ortográficos que deixaram a obra ainda mais cativante, mas a história em si está a mesma.

14 – Como leitora o que você acha que não pode faltar em um livro?

R = Evolução dos personagens, o leitor tem que ver o personagem mudar ao longo da narrativa, mesmo que sejam coisas mínimas tem que haver mudanças de temperamentos e atitudes.

15  Você deixa as emoções te acompanharem enquanto você escreve ?

R = Sim deixo e por conta disso em várias cenas mais impactantes eu chego a chorar, o de Repente Apaixonada, é um livro que me faz chorar.

16 Você prefere a escrita em primeira ou terceira pessoa? Ou pra você tanto faz?

R = Primeira pessoa com troca de visões dos personagens, está é minha marca registrada, visão da personagem feminina, e da masculina.

17 Quais os meios você usa para divulga seus livros e como você ver os meios de divulgação para autores/escritores nacionais?

R = Eu divulgo muito nas redes sociais, página no facebook, instagram, grupos literários. Eu vejo que há meios muito bons de divulgação, você tem apenas que saber como usa-los e quando usa-los.


Nenhum comentário:

Postar um comentário